CDH

O Conselho de Direitos Humanos da SiNUS 2017 tem como temática “O direito ao casamento: legislação e restrições ao casamento na esfera LGBT”. Este traz uma abordagem do direito ao casamento entre casais do mesmo sexo, que  é um objetivo geral almejado pela Organização das Nações Unidas há anos e propagado por meio de campanhas, demonstrações públicas de suporte e políticas internas à organização. Todavia, muitos dos países-membros da ONU, como a Estônia, a Áustria, a Colômbia, e a Nigéria, ainda resistem a propostas inclusivas em termos de diferentes configurações de gêneros e famílias (COLEMAN, 2016).

O combate à desigualdade oriunda de diferenças de identidade de gênero ou orientação sexual é um elemento central da defesa de direitos humanos pela ONU(ŠIMONOVIĆ, 2012). Contudo, é impossível não reconhecer com nitidez as diferenças entre valores culturais e tradições dentre os membros da ONU, diferenças estas que muitas vezes implicam em divergências e debates sobre questões sociais como a igualdade de direitos para membros da comunidade LGBT.

Partindo do impulso das nações Unidas para alcançar um mundo em que pessoas LGBT não sofram violência ou discriminação, e todos possam usufruir dos mesmos direitos, independentemente de orientação sexual ou identidade de gênero, a SiNUS 2017 apresenta às secundaristas uma simulação de uma sessão do Conselho de Direitos Humanos para discutir as restrições de direitos dentro da comunidade LGBT.

Acesse o artigo da Corte de Direitos Humanos em PDF